Tentação ou Ilusão? (O Ataque do Enxame) - Encerrado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Tentação ou Ilusão? (O Ataque do Enxame) - Encerrado

Mensagem por Imperador Renon em Ter 07 Jan 2014, 16:16

Personagem Principal: Lei Keylosh

Local: Cidade Imperial, Quartel.

(Os eventos descritos aqui ocorreram durante as ações do jogo http://novaterania.forumeiros.com/t287-a-quebra-uma-alianca-partida-encerrado)


[Resumo: Antes que Lei pudesse ir para a reunião geral do Império, Katherine Raven o aborda, alegando que possui informações sigilosas sobre os ataques à Stormhigh. Raven começa a agir de maneira estranha e tira a própria roupa, desejando Lei. O barbudo corre para longe e outra Katherine Raven surge no local, alegando que aquela não passava de um clone. Eles detém a cópia e Raven diz que se trata de um Doppelganger, espiões geralmente usados por Deskrausser.]





Katherine Raven

*Momentos antes do horário marcado para a reunião imperial, Lei escutaria batidas a sua porta. Batidas fortes, por três vezes. Junto com o som ele certamente poderia sentir o cheiro agradável de um perfume feminino.*

Lei Keylosh

*Lei estranhou as batidas e principalmente o perfume. Quem iria visitá-lo antes de uma reunião tão importante? Estava terminando de se arrumar. Fechou a farda e foi até a porta, abrindo-a.*

Katherine Raven

*Ela estava de costas, vestia a costumeira armadura negra, mas era facilmente reconhecida. Katherine Raven. Assim que a porta se abriu ela virou. O perfume vinha dela mesma.*
- Comandante... *Prestou continência e fez reverencia.* Tem um minuto? Preciso mostra-lhe algumas informações... perturbadoras que consegui com meus informantes espalhados pelos reinos. Antes que suba para a reunião, é bom saber disso.

Lei Keylosh
*Lei respondeu a continência automaticamente.*
- Raven. Não esperava vê-la em ação novamente tão cedo. *Ele foi para o lado de fora e trancou a porta atrás de si. Fitou-a novamente.*
- Eu perguntaria se vc deseja um período maior de descanso, mas, pelo visto, já está de volta totalmente. Muito bem, eu quero ver estas informações.

Katherine Raven
- Infelizmente a atividade me procurou muito antes do que eu desejava. E, como em meu juramento afirmei, o Império está acima de mim mesma.
*Afastou-se alguns passos para liberar a passagem.*
- Vamos até o salão de guerra, acho que o que verá o deixará, no mínimo, transtornado. *Começou a caminhar na direção do lugar, e no caminho retirou de dentro da proteção para os seios da armadura um pergaminho.*
- Tenho fieis informantes da Inquisição espalhados pelos reinos, e além deles. Deskrausser, Sayernne, até na Cidadela dos Justiceiros e em Aranna. Mas são as informações vindas de Stormhigh e Firelands que mais me incomodaram.


Lei Keylosh

*Enquanto andava ao lado dela, Lei segurou o pergaminho e falou.*
- Eu sempre desconfiei que a Inquisição não tinha apenas olhos para o Imperador e o Império. Mas por que informantes por todo o reino? Achei que o papel da Inquisição era apenas vigiar as ações do Imperador.

Katherine Raven

- A Inquisição é uma força reguladora do Império em si. *Adentrou o lugar, indo até a mesa central.* Diga, quantas vezes, mesmo uma ordem ou instrução pequena, vinda diretamente do Imperador, quantas vezes você deixou de cumpri-la? Não minta...

*Virou-se, sorrindo.* Não esqueça que sou.. fui... a melhor interrogadora da Inquisição... *Ergueu a mão mostrando 5 dedos.*
- Cinco minutos é tudo que preciso para fazer qualquer um falar a verdade... *Sorriu... algo raro...*
- Vou direto ao ponto. Fontes em Firelands afirmam que um grande contingente de tropas, incluindo 5 naus voadoras, está se reunindo a oeste do reino. Próximo ao litoral. Afirmam também que estas naus foram vistas, diversas vezes, rumando para o NORTE, POR FORA das terras do Império...

*Pediu para ele abrir o pergaminho, que mostrada o mapa, e mostrava a trajetória das naus, passando por fora das terras dos justiceiros também.*


Lei Keylosh

*Lei abriu o pergaminho e o colocou sobre a mesa, observando-o enquanto ela falava. Ao final, ele disse.* E a que nação pertencem estas tropas?

Katherine Raven

- Foram identificadas com o selo real de Firelands. As tropas, segundo consta, vestem trajes e armaduras oficiais do lugar também. Tem mais... *Pegou outro pergaminho, do mesmo lugar, e o abriu sobre a mesa. Dessa vez havia o mapa de Stormhigh. Ela apontou para a fronteira com Deskrausser.*
- O agente infiltrado da Inquisição em Deskrausser desapareceu. Sua última mensagem mostrava que na costa sul de Stormhigh, uma grande concentração de tropas das duas nações foi reunida. E houve o encontro do regente Anders III com aquele que disseram ser "O Lord-Poeta de Nova Deskrausser", também informou que um possível acordo de cooperação estava sendo tecido, e que além de Deskrausser, uma outra nação do norte estava interessada em participar desta nova aliança... eles chamavam essa união de "A Liga das Nações Livres"... uma coligação para se opor diretamente ao Império, de maneira política, financeira e militar.

Lei Keylosh

*Lei permaneceu observando, coçando lentamente a barba e disse.*
- Hmmm... Deskrausser e Stormhigh, unindo-se contra o Império? Então Stormhigh planeja deixar a aliança. Mas isto não explica esta movimentação de tropas de Firelands.

Katherine Raven

*Sentou-se sobre a mesa, tirando os cabelos que caiam sobre a lente no olho direito.*
- Essa reunião de hoje pode ser apenas o anuncio oficial desta notícia. *Dedilhou a mesa, pensativa.*
- Permite que eu dê um conselho tático sobre um fator muito importante que você, talvez, não tenha levado em conta? *Levantou-se, indo até uma pequena estatueta de mármore ali, de um Cavaleiro Wyvern.*
- Deveria asegurar que pelo menos os mais fieis Cavaleiros Wyvern não se retirem. E deveria fazer isso agora. Perder todo o contingente dessas tropas seria muito, MUITO perigoso. *Tornou a observa-lo.*
- Firelands talvez busque algum tipo de vingança secreta... e isso seria desastroso neste momento.

Lei Keylosh

- Refere-se aos Lufthawks? A lealdade deles está com Terânia. Mas vc está certa. Mesmo que alguns deles queiram voltar para Stormhigh, isto não será permitido.

*Apoiou-se contra a mesa, concordando com a cabeça.*

- Sim, seria totalmente desastroso a vingança de Firelands. Iniciaria uma guerra interna. Isto não pode acontecer. Esta reunião se tornou muito mais importante, de repente.

Katherine Raven

*Continuou observando-o*
- Você parece conhecer bem seus comandados... Mas está esquecendo de uma coisa. *Apontou para o teto, fazendo referencia a Nova Terânia.*
- As tropas lá em cima, nem de longe, respondem da mesma maneira das tropas daqui da terra. Os "escolhidos" para estar aprovisionados em Nova Terânia são, em sua maioria, elitistas unidos pela recompensa que lhes é oferecida e orgulhosos representantes de suas próprias nações. Lufthawks, treinados na Academia Imperial, os mais aptos combatentes de Stormhigh, que apenas servem ao Império. Eles irão onde seus campeões apontarem, não tenha dúvidas. Porém eu posso ter dar um nome, um grande nome, daquele que será contra essa retirada, mas que sozinho não poderá fazer muita coisa. Quando Renon foi a Stormhigh, ele foi o primeiro que se ofereceu como aliado. Garadon de Solaris, Capitão do Ar dos Lufthawks, ele sim é fiel ao Império, pelo menos ele, e suas tropas leais, podem ser alertados antes de serem pegos de surpresa...

Lei Keylosh
*Lei cruzou os braços, ouvindo e fitando Raven, e respondeu.*
- Garadon de Solaris. Ele está na cidade flutuante? Eu falarei com ele. Direi para que ele e seus cavaleiros wyvern permaneçam aqui e fiquem bem longe de qualquer conflito. Não precisamos piorar mais as coisas, até para nos preparar para possíveis ataques.


Katherine Raven

*Confirmou com a cabeça.*
- Sim, Garadon já conhecia os reinos tempos atrás, disse ter lutado já ao lado de Justiceiros contra um enorme dragão negro. Não é nativo de Stormhigh, e talvez isso dê a ele mais isonomia em suas escolhas. Não são muitos os que, como ele, farão estra troca, mas ele pode ser de grande, enorme auxilio em conseguir maiores números para o Império. E não podemos deixar de desproteger este lado, pelo menos não agora. Lembro que além da falecida imperatriz haviam outras criaturas cuidando dos laços diplomáticos do império... e eles tem feito um péssimo trabalho, heim? *Riu.* O último assunto que tenho a te reportar é algo que eu mesma havia deixado passar em branco. O sumiço da reserva do metal antideuses... Me parece, não posso afirmar, tenho que ir até o local confirmar isto, que o material foi levado para a capital da Inquisição, de maneira secreta até mesmo para o Imperador...


Lei Keylosh

- É, bem, a diplomacia não tem sido o forte do Império desde que Renon foi embora. *Lei fez silêncio, expressão preocupada, e depois disse.*
- Hmm... Vc acredita que os seus irmãos de Inquisição tomarão conta do metal? Não me importa que esteja com a Inquisição, desde que não caia na mão de nossos inimigos. Embora admita que eu respiraria aliviado se esta reserva estivesse guardada aqui em Terânia.

Katherine Raven

- Não, de maneira nenhuma. Você entende o porque de existir tantas disputas neste exato momento, não? *Raven caminhou pela sala.*
- Eles veem uma lacuna no poder. Eu trouxe Diana até você, e levei Arthur para Malak, coisa de que me arrependo, porque dessa maneira vocês teriam condições de reivindicar isso com maior propriedade. Cada líder de estado aliado, cada líder inimigo, cada líder interno vê a grande possibilidade de ocupar essa lacuna de poder. A Inquisição, agora que não tem um poder acima dela própria, não deve ser diferente. O Grão Mestre certamente deseja ocupar esse lugar, em nome da "Sagrada Luz" *Fez o gesto de "entre parênteses" com as mãos* Eu não confiaria tanto poder nas mãos deles... A Inquisição não aceita nenhuma outra divindade que não seja a Sagrada Luz... imagina se eles pudessem REALMENTE MATAR OS DEMAIS DEUSES?

Lei Keylosh

*Lei deu um soco de leve na mesa e fitou Raven, rangendo os dentes.*
- Se o Grão Mestre deseja Terânia, ele terá que passar por cima do meu cadáver! Se esta reserva de metal anti-deus é perigosa também nas mãos da Inquisição, então teremos que tirá-la deles!

Katherine Raven
- Hey, acalma-se, comandante. *Raven se aproximou, segurando Lei pelos ombros.*
- Infelizmente... ou felizmente... ainda não decidi... você não consegue enxergar as tonalidades de cinza que permeiam o próprio Império. Essa também era uma função da Inquisição. Diz-me, quantas vezes eles o contactaram desde o incidente em nova Terânia? Não acha que eles estão muito... quietos? Eu mesma não consegui entrar na cidade da inquisição devido a quantidade de defesas que eles acionaram. É melhor que você começa a pensar mais friamente sobre nossos "aliados". Embora... eu ache que você não deva... mudar.
*Raven puxou Lei pelo colarinho do uniforme, e o beijo de forma violenta e brutal. Quase o ergueu do solo apenas com os braços quando o puxou, marcando-o com o perfume adocicado que ela usava.*

Lei Keylosh

Se vc mesma não faz mais parte da Inquisição, então deviam...
*Foi interrompido abruptamente pelo beijo. Arregalou os olhos, não esperando aquilo nem em um milhão de anos. Ele tentou afastá-la com as mãos no peitoral de sua armadura negra.*
- Raven, mas o que...??

Katherine Raven

*Largou Lei logo após, aceitando ser afastada.*
- Apenas curiosidade... Não tive tempo de experimentar Renon, e eu sempre digo que lendas devem ser postas a prova.
*Sorriu, passando a ponta da língua pelos lábios.*
- Não fosse este meu olho perdido, não teria tido problemas. Mas eu mesma não fico satisfeita quando vejo meu rosto no espelho, mas apenas penso isso do meu rosto...
*Ao dizer aquilo ela já havia desencaixado o tórax, cintura, saiote e pernas da armadura que vestia, revelando apenas um tipo de "lingerie", preta, cinta liga, e espartilho de couro. *






Continua...
avatar
Imperador Renon
Admin
Admin

Mensagens : 394
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 37
Localização : Nova Terânia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tentação ou Ilusão? (O Ataque do Enxame) - Encerrado

Mensagem por Admin em Qui 09 Jan 2014, 21:23

Lei Keylosh
Raven, o que está fazendo?? *Lei deu alguns passos para trás, quase caindo em cima da mesa.* Vista-se, agora! *Olhou em outra direção, com a face ligeiramente rubra.*

Katherine Raven
*Uma pessoa normal não deveria ser capaz de se mover daquela meneira... não mesmo... ela saltou, pernas na altura da cintura de Lei, uma chave de pernas, jogando o corpo para frente com violência, para derruba-lo sobre a mesa com o peso dela e segura-lo pelos ombros... Caso tudo desse certo, Lei estaria deitado sobre a mesa, teria Raven sentada sobre sua cintura e com as mãos em seus ombros, com um olhar safado...* O que? Vai dizer que nunca pensou??

Lei Keylosh
O q-que?? Claro que não! O que está fazendo?? Sou um homem casado! Saia! *Lei a segurou pelos braços e tentou virá-la para o lado para derrubá-la ao chão e tirá-la de cima dele.*

Katherine Raven
*Tinha as pernas travadas na cintura dele, e os dois rolaram pela mesa, ciando no chão, ele por cima dela, e nessa hora ela aproveitou para beija-lo, mordendo o lábio inferior dele. Estava agarrada, com muita força... mas aquele tombo não parecia ter afetado-a...*

Lei Keylosh
*Tentava se livrar do agarre à todo custo e afastou o rosto do dela no meio do beijo, fazendo com que ela cortasse seu lábio inferior, de onde escorria sangue.* Raven!! Pare com isso!! AGORA! *Ele apoiou as mãos no peito dela e fazia força, tentando afastar os troncos de ambos.*

Katherine Raven
Ah, resolveu começar? *Lambeu os próprios lábios com o sangue dele, e riu quando ele segurou nos seios dela. Abriu as pernas afim de dar um espaço para ele se erguer. Ela ria.* Que foi? Não tem nada no meio das pernas e dentro das calças???

Lei Keylosh
*Ele se afastou com a abertura, rolando para trás no chão e se levantando rapidamente, ofegante e passando a mão no corte no lábio.* Raven!! Ficou maluca?? Pare já com isso! Não farei isto com vc! Sou um homem casado! Vista-se!

Katherine Raven
*Aquilo parecia mais um demônio-aranha, talvez uma dançarina de Lolth, enquanto Lei rolou, Raven subiu pela mesa, girando as pernas agíl, e rolou para ficar entre Lei e a porta.* Somo apenas eu e você. Ninguém irá nos interromper... *Ninguém mesmo. Não fossem aquelas três batidas na porta...*

Lei Keylosh
*Lei a olhava assustado. O barbudo já havia enfrentado quase de tudo em sua vida, mas uma mulher com fogo era, de longe, a mais assustadora. As batidas à porta soaram como os sinos da salvação. Ele apontou para a porta.* Há gente lá fora! Temos que atender! Vista-se!

Katherine Raven
*Raven pareceu farejar o ar... e sua expressão mudou no mesmo instante. Se antes tinha feições de uma tarada selvagem, ficou até deformada, parecendo irritada...* Não importa quem é vou ter você por sua vontade, ou contra sua vontade... Não vai me renegar... *Ela abriu a parte de cima do sutiã, revelando seios firmes e belissimos. Ela parecia se exercitar muito bem. Ao fazer isso e,a murmurou... e iniciou uma área de anti-magia no lugar...* Não tem como fugir se não me possuir....

Lei Keylosh
Nunca!! *Lei olhou ao redor procurando por uma janela, contra a qual pularia e atravessaria para o lado de fora em desespero, não se importando com os ferimentos.*

Katherine Raven
*Viu Lei se jogando e não hesitou em saltar também, girando agilmente no ar, mas derrubando a mesa no processo, com um grande barulho. A demonia era excepcionalmente agil, caindo de pé, seios balançando ao vento, e olhando Lei...* Está ferindo meus sentim.... *Parou de falar quando ouviu um grande estrondo vindo da sala que eles haviam acabado de deixar... e um grito pelo nome de Lei. *KEYLOSH????? *E a voz era de RAVEN...*

Lei Keylosh
*Mesmo em total fuga, uma parte mínima responsável pela lógica no cérebro de Lei absorveu aquela informação e estranhou. Como pode Raven estar dentro da sala se ela havia acabado de deixá-la? Ele parou de correr e olhou para trás para tentar entender o que estava acontecendo.*

Katherine Raven
*Ele veria uma Raven, vestida, armadura prateada completa, espada empunhada e cara de poucos amigos. Ela saltava furiosamente da mesma janela... enquanto a mulher nua disparou em corrida para longe de Lei, seguindo o muro do quartel. A Raven que estava vestida caiu no chão, usando a espada para diminuir o impacto e esbravejou.* Mas que porcaria é essa????? Isso é um clone meu que você estava usando para... PELA LUZ!!! *Rosnou, indo na direção que a peladona correu.*

Lei Keylosh
Clone?? Mas como...? Eu não sei o que está acontecendo tanto quanto vc, Raven!! *Correu atrás do clone juntamente com a Raven original. Pelo menos pensava que era a original.*

Katherine Raven
Vim falar sobre você alguns assuntos que fiquei preocupada... e encontro isso! Pulou da janela para fugir de minha ira ao descobrir essa coisa??? *Girou a espada e a guardou nas costas, colocando a mão dentro do peitoral, procurando algo* Chão esgorregadio, tem isso ai??? *Devia falar de magia, já que ela não era uma especialista nisto...*

Lei Keylosh
*Lei respondeu no meio da corrida.* Não! Mas podemos improvisar! *Lei parou de correr por um instante e ergueu uma das mãos, conjurando uma bola de fogo. Ele a arremessou contra uma estrutura de madeira que segurava um reservatório de água, fazendo a estrutura de madeira cair sobre o clone de Raven. Além do chão que se tornaria lamacento, a força da água a retardaria minimamente para que a Raven original a alcançasse.*

Katherine Raven
*A ideia foi melhor, e a água, quando caiu como uma grande cascata, fez uma onda que pegou a fugitiva de lado, jogando-a com força contra o muro interno do quartel... Claro que a explosão logo chamou a atenção dos soldados, e o alarme soou.* Excelente, minha vez... *Raven vestida também seria atingida pela água... mas seu corpo explodiu em uma espécie de fumaça, passando ilesa e chegando até a perna da mulher nua... que como um fantoche foi jogada para o alto, para trás, na direção de Lei.* SEGURE-A!!

Lei Keylosh
*Lei se preparou, firmando as pernas e abrindo os braços, e agarrou o clone quando ela caiu sobre ele de maneira forte. Mesmo que caíssem no chão, Lei não a soltaria, prendendo-a com os braços ao redor de seu corpo. Agora era Lei que queria agarrá-la, afinal.*

Katherine Raven
??? *O impacto da água foi inesperado. Mas o mais inesperado foi ser jogada no ar, como uma boneca de trapos. Demonstrou a agilidade de aranha de antes, girando e caindo de frente, sendo agarrada por Lei... e o beijou, segurando sua cabeça e o mordendo, agora com dentinhos afiados...* Meu último beijo... *Lei Veria Raven vindo em carga, espada ao lado co corpo, segurando com as duas mãos, a lâmina cortando o ar com um som alto. Tinha uma expressão de fúria...* Vagabunda profanadora!

Lei Keylosh
*Lei gemeu de dor, mas continuou agarrado ao clone. Deixaria o clone deitada por cima dele, torcendo para que a Raven original desse o golpe de misericórdia naquela aberração e rezando para que ela fosse precisa em seu movimento.*

Katherine Raven
*Cara feia, movimento sinistro... mas no ultimo momento ela virou a espada, golpeando com toda a força, mas sem usar o fio, contra a cabeça de o que quer que fosse aquilo. O barulho surdo foi tão grande quanto a quantidade de sangue que escorreu pela mão de Lei... não cortou, mas talvez tivesse esmagado o crânio daquilo... Raven bufou, tirou a franja do olho bom.. e rosnou.* Merda... acho que esmaguei a minha cabeça... *Olhou para Lei... rosnou denovo.* TIRE A MÃO DE MINHA BUNDA... *Devido a posição que ele a segurava...*

Lei Keylosh
*Lei acatou a ordem imediatamente, largando o corpo daquela coisa e rolando para o lado, se levantando em seguida, ofegante e tentando enxugar o sangue nas próprias vestes.* Pelos deuses, O QUE É ESTA COISA?? Como isto conseguiu entrar no quartel??

Katherine Raven
Não vou ler sua mente... agora. *Raven rosnava... e quando o corpo caiu no chão, não era mais ela... uma forma pálida, humanoide, mas disforme, cabeça alongada... e afundada agora...* Doppelganger... *Dezenas de soldados, armados, chegariam ali. O alarme não fora soado, não sabiam se era acidente ou ataque... Eles formariam um circulo ao redor de Lei, o monstro morto, e Raven...* Tinha a minha forma... então me tocou em algum momento... *Pensativa... voltou a olhar para Lei.* Você não transou com isso, transou?

Lei Keylosh
Claro que não! Sou um homem casado! Não faria isto, mesmo que fosse vc mesma! Aliás... vc é a Raven original? O que me garante que não é outra sósia?? *Apontou para Raven, fitando-a.*

Katherine Raven
... *Não teve pudor em largar a espada, jogando-a para o lado, e como se fosse pegar algo na cintura... subir com um uppercut diretamente conta o queixo de Lei... acertando ou não, os soldados pularam sobre ela no instante seguinte. E ela se permitiu segurar.* ISTO, Sr. Keylosh... não comprova nada... *Apontou com o queixo para os lábios feridos de Lei...* Mas isso ai me dá ideia do que aconteceu... chame algum mago capaz de lançar visão da verdade. Não tenho como provar além de dizer algumas coisa sque, imagino, só eu sei... Segundo me consta, esses bichos podem ler mentes e isso eu saberia que foi feito, ou tentado... Sou psiônica, não é possível penetrar em mim. Logo só eu conheço as informações sobre o dia que esquecemos e e os paradeiros dos três perdidos... Mas chame um mago... *Suspirou...*

Lei Keylosh
*Lei caiu duro para trás. Caiu já inconsciente. Foi preciso que um soldado jogasse um balde d'água na cara dele para que acordasse. Levantou-se, mexendo o maxilar, certificando-se de que não estava quebrado - muito - e só depois fitou Raven.* Isto... não será necessário. Temos que saber, agora, por que esta criatura estava aqui. O que ela buscava? Ela me revelou informações sigilosas. Como esta coisa sabia disto?

Katherine Raven
*Olhou para cada um dos soldados que a seguravam... um olhar digno de intimidar satã... e eles afrouxaram ela aos poucos...* Com tantos aqui eu não acho que seja sábio continuar a falar. Mas tenho suspeitas. Guarde o corpo numa cela... *Rosnou denovo...* E conversaremos reservadamente... em uma... *Sussurrou* deuses... detesto isso... *Tocou a própria cabeça...* Imersão psiônica.

Lei Keylosh
Vou deixar o interrogatório por sua conta. Homens, levem esta coisa até a cela de contenção. Eu irei limpar esta sujeira. Acredito que a reunião já tenha acabado. Terei de me contentar com o relatório. *Disse, ainda esfregando o próprio rosto e tirando o sangue.*

Katherine Raven
*Tocou a lateral da cabeça de Lei, abusada e sem se importar com o que ele diria. ele veria algumas lembranças e imagens na cabeça dela. Veria Apocalypse, e o momento em que ele atingiu o olho direito dela, sentiria a dor e a raiva disso. Veria cenas do treinamento dela na Inquisição, de pé, nua, descalça, não mais que uma adolescente, sobre uma ponta de uma estaca de ferro, veria os pés dela perfurados e as lágrimas caindo sem nenhum som ser produzido, veria como ela se sagrou inquisitora, matando TODOS os companheiros de missão, pois eram agentes infiltrados propositalmente... um destes era um elfo, e sua imagem era bem nítida na mente de Raven. A última cena antes de os dois se encontrarem num espaço totalmente em branco, sem começou ou fim, seria de Renon em pessoa condedorando-a com o título de Grande Inquisitora... e um estranho sentimento, um misto de raiva, decepção e... alegria... que ela sentirá naquele momento.* -Bemvindo. É assim que nós da Inquisição nos comunicamos em assuntos classificados como ultra secretos.- *Caminhou até Lei.* -Imersão psiônica. Vamos ao que interessa... Que informações? Eu não estou em atividade, estou me ocultando da Inquisição... *Suspirou* -Mas agora tudo foi por água abaixo... Todo o quartel sabe que estou aqui. *Observou Lei, desanimada.* -Historicamente... Doppelgangers eram utilizados por... Deskrausser. Espiões.

Lei Keylosh
*Ao final das visões, Lei deu alguns passos para trás, afastando-se e desnorteado.* Arrghh.... Nunca me dei bem com nada relacionado a psionismo. Quase fiquei em coma eternamente certa vez por causa de um manipulador psiônico. *Ele fitou o clone sendo levado, pensativo.* Espião de Deskrausser? Então eles já começaram a agir. Isto explica porque ele sabia da nova Aliança com Stormhigh e do líder dos Lufthawks.

Katherine Raven
*Escutou aquilo, desanimando ainda mais.* -Isso é ruim. Quantos mais será que temos por aqui, trocados por estas criaturas? *Ergueu a cabeça.* -Oficialmente eu não sou uma imperial... se eu for até Deskrausser, ninguém poderá ser acusado de nada. Sou livre para ir e vir. *Olhou para Lei...* - E então, o que diz? Shadow Mask, certo? Renon e ele tinham algum tipo de "atração fatal"... Tentavam se destruir desesperadamente, um tipo de Guerra Particular. Diziam que Mask e Voltaire, líder dos Justiceiros, também tinham um tipo de relação... estranha... enfim... -Sim, talvez estejam apenas calculando se podem atacar de forma segura... Resistencia mínima... extermínio... *Fitou Lei.* Já pensou em convocar as legiões...? é um ultimo recurso... e bem perigoso... ainda mais sem aquele que eles obedecem... Mas você tem Diana, tem um trunfo.

Lei Keylosh
Diana é muito nova para isto e ela precisa sobreviver. Eu convocarei as Legiões e eles seguirão minhas ordens, ou todos nós seremos dizimados pela nova aliança. Ir até Deskrausser e tentar obter informações sigilosas é muito perigoso. Sugiro que permaneça aqui até decidirmos o que fazer e até descobrirmos o próximo movimento deles. *Lei ficou pensativo.* Hmm... Shadow Mask. Preciso procurar pelo registro dele nos arquivos Imperiais... Por hora, vamos aguardar, Raven. *Se ela não acrescentasse mais nada, Lei se afastaria.*

Katherine Raven
-Justamente por ser nova pode ser... conrolada e manipulada... *Sussurou...* -Estará nu, dearmado e em frente a um estouro de um TARRASQUE, Keylosh... *Ajeitou a armadura, vendo a criatura ser levada. e recolheu a espada, olhada com desconfiança...* -De cinco Tarrasques. Mas... gostaria de rever Zenalock... *Caminhou ao lado dele, mas indo para a saída... a essa altura a reunião já teria acabado....* -Você está cercado... Lembre-se que o pior golpe é aquele que não sabemos de onde vem. Só os chame se tiver um trunfo na mão, se tiver Diana em seu poder. Ou Arthur... -Voltarei para o casarão... Tenho que pensar como isso aconteceu... Um doppelganger... meu... *Suspirou*

Lei Keylosh
Não se preocupe com isto, Raven. Descanse. *Lei se afastou de volta para sua sala no quartel.*

FIM

_________________
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 1205
Data de inscrição : 21/06/2010
Localização : Nova Terânia

http://novaterania.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum