Proposta: Modelo de Combate -IMPORTANTE-

Ir em baixo

Proposta: Modelo de Combate -IMPORTANTE-

Mensagem por Imperador Renon em Dom 04 Jul 2010, 20:04

Fala pessoal!

Bom, eu estou escrevendo isso a pedidos de vários jogadores que estão interessados em jogar mas ficaram um tanto “cabreiros” com algumas coisas. Por tempos eu tenho usado esse “sisteminha” com os meus chegados para evitar maiores complicações quando exietem os famigerados combates na uol, e sem que isso possa estar tirando ainda mais a velocidade do jogo, já que os turnos costumam demorar as vezes até 10 minutos devido a velocidade de digitação, detalhamento e “n” outros fatores que não nos interessam.

Primeiramente este sistema será encaixado nos jogos envolvendo os IKs , que tenham combate E QUE TENHA CONCORDANCIA DE TODA AS PARTES ENVOLVIDAS. Baseia-se no princípio simples de que SEMPRE que há um ataque HÁ UMA REAÇÃO do oponente (óbviamente caso o mesmo esteja preparado para um ataque). Mas como definir quem acertou quem e quem se defendeu de quem?
Não podemos simplemente chegar e afirmar “meu personagem é mais forte que o seu” num ambiente SEM CONTROLE OU REGRAS DEFINIDAS. Portanto, partindo do ponto onde TODOS estão IGUALADOS em condições de poder, temos que partir do pressuposto que as chances de se atingirem será sempre igual. O sistema no qual basearemos as coisas será o D&D 3.5, portanto não peçam para que sejam usados outros sistemas: Se as DUAS PARTES CONCORDAREM EM ADOTAR AS ROLAGENS O SISTEMA BASE SEMPRE SERÁ ESTE, PONTO FINAL.
Renon *IK* fala para Monstro do Pântano: * Renon desembainha sua espada vingadora e investe contra a fera do Lodaçal. Renon é um hábil espadachim e desfere dois golpes contra o peito da criatura. *
Certo, num ambiente ideal onde o bom-senso prevaleça, eles entram em acordo e uma ação sai, como sempre sai.
MAS, se você ficar dependendo disso o tempo todo, com todas as pessoas, rapidamente chegará a hora onde o “outro lado” desviará de todos os seus ataques, que dirá que todos os ataques que ele faz são efetivos, e que nada do que você faz dá certo... Como resolver isso?
SORTE, Rolagens de dados.
Usando o exemplo acima ainda nós vamos continuar...
Renon deveria agora usar um rolador de dados online para definir o “nível” de seu ataque...
digamos que ele tenha rolado 2d20 e tenha tirado “11” e “19”... estes seriam seus “indices de ataque”. Okay, ele acertou? NÃO AINDA... Oras, o lado que se opõe tem direito de se defender da maioria dos ataques, a menos que a situação seja impeditiva. O que fazer então? Simples... caso escolha se DEFENDER, o Monstro do Pântano também rolará 2d20! Então ele rola os dois e consegue “15” e “5”. O que isso quer dizer? O primeiro ataque foi defendido (11x15) e o segundo ataque não (19x5). Simples assim! “Mas eu não posso contra-atacar???” Calma... ainda não acabou.... Vê a primeira rolagem? Onde a defesa ganhou a rolagem? Isso gera um contra ataque, logo uma chance de descrever uma ação ofensiva logo após uma defesa! Segue o combate...
Monstro do Pântano fala para Renon *IK*: GROAR! * O primeiro golpe de Renon é rechaçado pelas garras da criatura no primeiro golpe, e a criatura ruge quando a lâmina mágica de Renon corta sua carne no segundo golpe do Cavaleiro, mas Renon vê as garras lacerantes dela, feitas de unhas negras e afiadas, avançando contra seu peito numa resposta imediata aquele ataque... *
Veja que em momento algum a mecânica é apresentada, pois a mesma deve se restringir aos envolvidos nas ações para evitar o terrivel flood na sala. Os turnos seguem em frente sem parar assim.
Óbviamente há ações, magias, poderes e habilidades que não exigem nada para atingir. É claro que estas estão excluídas. “Ah, mas isso não funciona para magias, ela simplesmente só pede teste de resistencia!” Certo, irmãozinhos... TODOS NA UOL PASSAM EM QUALQUER TESTE DE RESISTENCIA PORQUE TEM TODOS OS FEAST/ATRIBUTOS DE SAVE OLIMPICOS!!! Então, resumindo bem, TODA A MAGIA QUE EXIJA SAVES É ***O-B-R-I-G-A-D-A*** a passar pelo mesmo esquema, sem dó ou piedade. “Mas meu personagem é mais inteligente que o dele!” Problema seu, lá em cima eu disse que todos são iguais... “Mas meu personagem é mais forte que o dele!” Denovo, problema seu também.”
“Mas como interpretar o dano se eu sou muito forte ou se minha arma faz “XYZ”... bem... INTERPRETE. Nem tudo pode ser decido apenas por rolagens, porque o RPG em chat depende de uma coisa primordialmente: INTERPRETAÇÃO... descreva BEM seu golpe, a força aplicada e etc... Nesse ponto tem que haver um comum acordo. “Mas as magias dizem a quantidade de dados de dano! As armas sempre dão ‘X’ dano!” Vamos lá DENOVO...
Você NÃO PODE DIZER O QUE ACONTECE AO OPONENTE, JAMAIS, VOCÊ PODE DESCREVER EFEITOS MAS NUNCA IMPOR OS MESMOS A NINGUÈM.

Gente, isso aqui é um documento “beta”... passivo de alterações e aberto a sugestões... não só de membros do clã como também os não membros, enfim, opinem.
avatar
Imperador Renon
Admin
Admin

Mensagens : 394
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 38
Localização : Nova Terânia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Proposta: Modelo de Combate -IMPORTANTE-

Mensagem por Imperador Renon em Ter 20 Jul 2010, 14:37

Bom, ao meu ver o sisteminha foi bem aceito entre os participantes e mesmo estando no "básico" já temos "key features" que nos permitem customizar algumas manobras de combate e efeitos genéricos. Lembrando sempre que não está sendo usado um sistema de regras específico (D&D, Storyteller, Tagmar, Gurps, Warhammer...) e sim uma forma de gerenciar e organizar as rolagens. Lei colocou o esquema de iniciativa, eu coloquei as rolagens de ataque e defesa com confronto direto entre rolagens de dados.
Agora venho aqui propor um refinamento disso:

Ações de Defesa Total
Contra-Ataques
Acertos Decisivos
Falhas Críticas.


Comecemos nossa apresentação do esquema proposto.

1- Ações de Defesa Total.
Atualmente, nos combate de chat, portar um escudo não quer dizer muita coisa... Se no D&D (apenas como exemplo) usar um escudo apenas aumenta sua CA (E com determinados feats pode até negar um ataque inimigo, mas não é regra padrão.) contra os ataques inimigos, em jogos de chat todos tem habilidades táticas supremas para negar essa defesa e desamarrar a fivela do cinturão do pobre Fighter tentando se defender. Em nossa proposta de sistema de rolagem, que não engloba bonus/penalidades nas rolagens, isso não fica diferente: De que vale um escudo se ele não pode ser utilizado para tentar evitar aquela rolagem "17" que o oponente conseguiu no ataque? Você rolará um dado defensivo e pronto, torcerá.
Mas e caso o oponente ataque e eu decida me DEFENDER? Coloco o escudo em posição de defesa e ABDICO de meu ataque para fortalecer minha defesa, e isso não me dá vantagem alguma? Não falando apenas do escudo, mas também de manobras de desviar acrobáticas, ou qualquer outro tipo de defesa ATIVA, DECLARADA.
A proposta é simples: Um personagem utilizando uma ação de DEFESA TOTAL, que remete a dizer que ele ABDICA TOTALMENTE de realizar uma ação ofensiva na sequencia de ações, ganha uma vantagem na rolagem defensiva e rola UM DADO A MAIS para refletir a chance concentração (e consequente chance extra) de anular o ataque adversário.
Ex.: Monstro do Armário emerge de seu esconderijo (o armário, óbvio) com velocidade e ataca Lenda Dourada. Lenda Dourada, utilizando seu famoso escudo multifunções canivete suiço, resolve realizar uma defesa total porque não quer destruir o próprio armário com a pancada que daria...
A rolagem deverá ficar assim: Monstro do Armário rola 1d20 vs Lenda Dourada que rola 2d20 (1 para a defesa natural e outro, bônus, pela DEFESA TOTAL) Digamos que o Monstro conseguiu um "18" na rolagem, e Lenda Dourada tirou um "5" na primeira rolagem: Se ele não tivesse declarado a ação de DEFESA TOTAL ele teria sido atingido. Mas ele declarou a sua ação como totalmente defensiva! Então isso lhe confere um bônus: uma rolagem extra para tentar se defender! Ele realiza esta rolagem e tira um "20"!! Ele consegue se defender do ataque e sai ileso dessa ameaça!
Simplesmente uma forma de beneficiar um tipo específico de ação. NÃO QUER DIZER QUE APENAS QUEM TEM UM ESCUDO POSSA SE BENEFICIAR DISSO! Uma defesa total pode significar: Utilizar uma espada para aparar um golpe do adversário (como num clássico duelo), uma esquiva acrobática (Saltar com girose cair num pé só sobre uma mesa, com pose de ninja...), lembrando sempre que ao fazer isso você PERDE A OPORTUNIDADE de atacar durante este turno. Nada de usar magias DURANTE O ROUND, nada de beber poções, correr ao redor do oponente...
"Mas isso vai fazer com que todos usem a DEFESA TOTAL toda vez! Táticas 'Tartaruga' vão virar regra!"
Já ouviu falar que a melhor defesa é o ataque? Aqui vale o mesmo! Afim e refletir isso, e balancear as coisas, apenas se defender não é vantagem o tempo todo (Seleção com 3 cabeças de área? Alguém?) pois o defensor acaba sendo PRESSIONADO pelo oponente. Escolhendo uma DEFESA TOTAL você não pode avançar, apenas recuar, e se o oponente avança golpeando ele vai, em alguns momentos, dominar o combate ao manter ataques contra sua defesa e sua defesa ira esmorecer a qualquer momento.
"Mas como isso funciona?" Simples: Você pode usar a ação de DEFESA TOTAL, em toda sua plenitude de vantagem, por apenas 2 rounds! "Mas o que impede que eu fique pulando, quicando, e me esconda debaixo do escudo??" NADA impede você de fazer isso. Mas após a segunda rodada de ataques do oponente, e seu terceiro round, Lenda terá uma surpresa.. Vamos continuar o exemplo de combate.
"O Monstro avança novamente, aumentando a intensidade do ataque, e Lenda insiste em se defender pois esta receoso de destruir o próprio armário. A rolagem do segundo round de combate é feita, o Monstro rola "12" e Lenda tira "13" e "5", novamente se defendendo com sucesso! O Monstro fica enfurecido ao ver seus ataques serem rechaçados e avança com mais força, mais ferocidade! Lenda, denovo preocupado com seu próprio armário, insiste na defesa com seu escudo..." Mas agora há um problema: O Monstro já 'sacou" a tática de Lenda, e agora ataca de maneira mais efetiva: Na rolagem de dados ele GANHA A VANTAGEM DE UM DADO EXTRA DE ATAQUE! O Monstro rola "14" e "19"! Lenda tira "17" e "16"... o ataque sobrepujou a defesa e Lenda é atingido, vendo sua defesa ser ineficiente e vendo que o adversário está pressionando-o contra as cordas! Lenda INSISTE EM CONTINUAR NA DEFESA TOTAL, e continua a recuar... e dá espaço para o Monstro do Armário atacar com ainda mais eficiência! O Monstro rola, refletindo a sua vantagem tática no combate, 3 DADOS, um do ataque normal e outros dois de bonificação por sua iniciativa! Lenda, ao contrário, continua com seus dois dados de defesa total... Acho que está na hora de Lenda Dourada começar a fazer um orçamento para um novo armário..."
Em resumo: A defesa total começa a fraquejar após DOIS ROUNDS. No terceiro round o oponente começa a ter chances extras para acerta-lo... e estes 'dados extras' continuam a ser somados ENQUANTO UM DOS OPONENTE CONTINUAR SE DEFENDENDO TOTALMENTE.
"Mas e aquelas magias que realmente negam totalmente o ataque?" Ué, você disse tudo... elas negam... fazer o que? Não é uma ação de DEFESA TOTAL...
"Mas e as magias que aumentam a CA/Armadura?" Irei falar delas agora, gafanhoto... simular o funcionamento daquela magia que aumenta a CA de alguma forma (denovo, usando D&D como base porque é o sistema que eu domino!) ou qualquer efeito de aumento armadura utilizada ou qualquer outra ação que signifique dificultar o acerto do oponente ou aumentar suas chances de defesa deverá adicionar um dado extra de defesa durante a duração da mesma, para refletir essa chance maior de se defender ou fazer o oponente errar...
=================================================================
Agora, reduzindo o sistema a puramente dados e regras:
DEFESA TOTAL é a ação onde o jogador ABDICA DA OPÇÃO DE ATACAR E CONCENTRA-SE NA DEFESA.
Está manobra garante UM DADO EXTRA NAS ROLAGENS DEFENSIVAS EM DETRIMENTO DA ROLAGEM DE ATAQUE.
A DEFESA TOTAL funciona PLENAMENTE, SEM REVÉS ALGUM, por DOIS ROUNDS. Apartir do TERCEIRO ROUND o OPONENTE RECEBE UM DADO EXTRA NAS ROLAGENS E ATAQUE, E ESSE BONUS É CUMULATIVO ENQUANTO SEU ADVERSÁRIO MANTIVER A MANOBRA DE DEFESA TOTAL, DEIXANDO DE EXISTIR NO ROUND EM QUE A DEFESA TOTAL FOR DESFEITA.

==================================================================


Bem, a primeira parte está ai, sobre a defesa total. Novamente, opinem... de preferência TODOS OS JOGADORES... não jogadores do IK também podem opinar.
Os jogadores devem notar que sem suas opiniões eu considerarei o sistema como 'homologado' e pronto para ser jogado...
Continuarei em outra oportunidade breve falarei dos tópicos que restam:

Contra-Ataques
Acertos Decisivos
Falhas Críticas.
avatar
Imperador Renon
Admin
Admin

Mensagens : 394
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 38
Localização : Nova Terânia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum